Para Pel, com carinho…

Em 2008 eu estava fazendo pelo segundo ano a produção da MIMO e veio trabalhar com a equipe uma produtora indicada por alguém. Trabalhamos juntas indiretamente, pois eu fazia a coordenação geral e ela assumiu a produção de uma das igrejas. Depois disso e um tempo depois eu precisei de uma assistente e alguém me lembrou dela, liguei e desde então, com uma paradinha no meio para uma super temporada de vida em Londres, Pérola Braz virou minha grande companheira na Fina.

Quando saí da Astronave, depois de 13 anos de sociedade e abri a Fina, me senti um tanto só, pois as decisões e metas tinham que ser tomadas por mim sem troca de idéias com ninguém. Desde que fiz este movimento, algumas produtoras passaram por aqui, mas, apenas uma realmente veio e foi ficando e está ficando até que isso tudo seja legal para nós duas e por enquanto está sendo no mínimo uma grande aventura, parceria, companheirismo, troca de experiências, de idéias…sempre, cada uma na sua, não viramos as melhores amigas, não vivemos uma na casa da outra, raramente farramos juntas, não vamos ao cinema juntas. Mas, temos uma liga que não precisa ser verbalizada, que não precisa ser demonstrada, simplesmente sentimos.

Pérola virou Pel, Melina virou Mel e juntas a gente tem seguido um projeto atrás do outro, um dia atrás do outro, completando onde outra falta, juntando as vontades de produzir de um jeito diferente, mais ameno, mais tranquilo, sem agonia, apesar da agonia de tantos momentos. Aprendemos juntas o jeito da outra e acabamos curtindo as diferenças. Não lembro nesses anos todos de ir pra casa um dia sequer achando nada que me desagrade nela. E agradeço sempre pelo dia que ela veio pra cá pra se somar.

Pel, queria fazer esta declaração de amor pra tu no teu aniversário e deixar registrado aqui no nosso blog que é uma delícia te encontrar todo dia aqui no escri pra seguir em frente. Obrigada por todo carinho, atenção, dedicação, companheirismo e todo o resto.

Um beijo, Mel.

Um comentário em “Para Pel, com carinho…”

  1. E agora, me diga como fica o embaraço da pessoa que mal checa o site da firma?

    Tenho sempre a certeza de um novo post, como boa desconectada que pega as notícias na retroativa. Só não imaginaria que seria pauta né?!!?! Foi fogo essa, me quebrasse 😉

    Bom mesmo é estar onde, como e com quem a gente quer. Em anos tão importantes de crescimento pessoal e profissional, cruciais, decisivos, eu tenho essa sorte. Melhor ainda é saber que modelo de trabalho hoje é o que a gente inventa, e pronto. Troca, muda, não importa. A gente tem essa tranqüilidade, somos atentas a nós mesmas.

    To aí na mangueira, no chafé, na mata do encanamento, no escritório-casa, na besteira, nos perrengues, nas graça, no cimento queimado, nas missões de todo dia.

    A declaração bate e volta Mel, atrasada mas volta! Você sempre será muito importante pra mim.

    Tem amizade de mil anos que não segura essa onda.

    Eu que agradeço, e compareço.

    bjs da aniversariante presenteadíssima,
    péu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *